segunda-feira, 13 de dezembro de 2010

Avó Cantigas

Este poema que hoje aqui deixo, foi escrito por mim, e foi lido na missa antes do funeral da Avó Cantigas...
Escrevi-o a pedido da minha madrinha,filha da Avó Cantigas.

A ti doce e meiga mãe;
Tantos momentos ternos na lembrança;
A saudade que nos deixas;
É muito triste entrar em casa e não te encontrar;
E não sentir a tua presença... Apenas o vazio;
É muito triste sentar-me a mesa e não te ter;
Ver a cadeira que sentavas, agora vazia;
É muito triste todos rirem e não ouvir o teu riso;
Alegre e contagiante que enchia a casa toda;
É muito triste entrar no teu quarto;
Ver tuas roupas, tua cama, sentir teu perfume;
E não te ver mais ali sentada ou deitada a dormir;
É muito triste pensar que vivi tanto tempo ao teu lado;
E talvez não te tenha amado tanto quanto mereceste;
É muito triste rever tuas fotos ver tua face linda;
E não poder te tocar não poder te sentir nas mãos;
É muito triste pensar que o mundo existe sem ti;
Que tanto amaste a vida e dela te despediste;
É muito triste caminhar sozinha sem ter teu apoio;
Que sempre tinha uma voz amiga para meu consolo;
Para além de não poderes falar, senti sempre o teu apoio;
É muito triste pensar que o dia vai e a noite entra;
É muito triste a noite vazia sem teu brilho;
Admirando as estrelas e dizendo-me... Preciso de ti;
É muito triste viver neste mundo sem tua presença;
É muito triste saber que não estás mais aqui;
Para me dares tuas mãos e dizer-me: vai em frente;
Assim vou levando a vida tristemente como um vento frio;
Que vai gelando a minha alma e mostrando este sentimento;
De saudade dentro do meu ser, pela tua ausência;
Esta dor aguda como um alfinete dentro do meu peito;
Que nada faz parar esta dor e te esquecer...;
Meu coração está sangrando por esta perda tão grande;
Sei que tu me estas a ver e junto de Deus me vais guardar do mesmo jeito como se estivesses aqui junto de mim;
Obrigada pela mãe que fostes;
Um beijo de saudades desta tua filha.
                    Foi um prazer enorme tê-lo feito e tê-lo lido naquele dia, pois a Avó Cantigas significou muito na minha vida..
     Agora que a dor vai passando, fica aquela saudade infindável.

Sem comentários:

Enviar um comentário