terça-feira, 8 de março de 2011

Avó Cantigas

Já passou tanto tempo...
Tenho tantas saudades tuas!
Cada vez que entro naquela casa,sinto que falta lá aquele brilho,aquele sorriso característico que  encontrava cada vez que te via.
Partiste e deixaste-me aqui com tantas saudades...
Lembro-me daquele dia em que vinha meia tolinha da catequese e chateeia tanto...
Era tão bom,tê-la lá,só pra ouvir.
Sinto saudades de lhe dar de comer,agora dou ao Sousa mas ele pouco me liga...
Contigo era diferente!
Queria tanto ter-te aqui...
Avó Cantigas,era assim que te chamava...
E tenho tantas tantas saudades de tudo o que vivi ao teu lado naquele Verão!
Que saudades deixaste em mim.
Nunca te esquecerei,avó Cantigas do meu coração!

Mãe

Mãe,mulher da minha vida;
Mãe,senhora do meu caminho;
Mãe,dona de tudo o que hoje sou.
Ó mãe,será que no dia que partires,saberei viver sem a tua alegria,sem o teu amor,sem as tuas palavras,sem ti,ó minha mãe?
Poderei eu,estar aqui sem ter-te ao meu lado?
Será ó minha mãe?
Os meus dias,são tão tristes sem tii....a minha vida não tem piada sem os teus raspanetes.
Foste tu,quem um dia me pôs no mundo,se hoje aqui estou,tudo isso devo apenas a ti.minha mãe.
EU AMO-TE MÃE!
Sei que és a pessoa mais sincera,mais carinhosa que já conheci.
Todas as vezes que te ligo,sinto um alivio,pois parece que o tempo passa mais rápido.
Adoro ouvir-te dizer,"filha a mamãe te ama tá"!
Mãe,não me deixes nunca!
Sem ti não sei viver!

segunda-feira, 13 de dezembro de 2010

Avó Cantigas

Este poema que hoje aqui deixo, foi escrito por mim, e foi lido na missa antes do funeral da Avó Cantigas...
Escrevi-o a pedido da minha madrinha,filha da Avó Cantigas.

A ti doce e meiga mãe;
Tantos momentos ternos na lembrança;
A saudade que nos deixas;
É muito triste entrar em casa e não te encontrar;
E não sentir a tua presença... Apenas o vazio;
É muito triste sentar-me a mesa e não te ter;
Ver a cadeira que sentavas, agora vazia;
É muito triste todos rirem e não ouvir o teu riso;
Alegre e contagiante que enchia a casa toda;
É muito triste entrar no teu quarto;
Ver tuas roupas, tua cama, sentir teu perfume;
E não te ver mais ali sentada ou deitada a dormir;
É muito triste pensar que vivi tanto tempo ao teu lado;
E talvez não te tenha amado tanto quanto mereceste;
É muito triste rever tuas fotos ver tua face linda;
E não poder te tocar não poder te sentir nas mãos;
É muito triste pensar que o mundo existe sem ti;
Que tanto amaste a vida e dela te despediste;
É muito triste caminhar sozinha sem ter teu apoio;
Que sempre tinha uma voz amiga para meu consolo;
Para além de não poderes falar, senti sempre o teu apoio;
É muito triste pensar que o dia vai e a noite entra;
É muito triste a noite vazia sem teu brilho;
Admirando as estrelas e dizendo-me... Preciso de ti;
É muito triste viver neste mundo sem tua presença;
É muito triste saber que não estás mais aqui;
Para me dares tuas mãos e dizer-me: vai em frente;
Assim vou levando a vida tristemente como um vento frio;
Que vai gelando a minha alma e mostrando este sentimento;
De saudade dentro do meu ser, pela tua ausência;
Esta dor aguda como um alfinete dentro do meu peito;
Que nada faz parar esta dor e te esquecer...;
Meu coração está sangrando por esta perda tão grande;
Sei que tu me estas a ver e junto de Deus me vais guardar do mesmo jeito como se estivesses aqui junto de mim;
Obrigada pela mãe que fostes;
Um beijo de saudades desta tua filha.
                    Foi um prazer enorme tê-lo feito e tê-lo lido naquele dia, pois a Avó Cantigas significou muito na minha vida..
     Agora que a dor vai passando, fica aquela saudade infindável.

terça-feira, 7 de dezembro de 2010

Avó Cantigas... Saudade Eterna

Porquê ela?Porquê??
Deus levou-a sem me deixar dizer-lhe um "adeus"...
Porque ela estava boa e de repente deixa de estar, começa a piorar, até não aguentar mais..
Agora,cada vez que olho para a fotografia dela, desato a chorar.
Será sempre a minha avó Cantigas, aquela que eu tratei com todo o amor durante as minhas férias de Verão e durante aqueles fins-de-semana que escapava de casa para ir para junto dela..
Recebi hoje,no final da aula de Inglês,esta tremenda e horrorosa notícia..
Ela faz me tanta falta..
Secalhar,foi o melhor, deixou de sofrer..
Mas, continua no meu coração, uma tremenda dor, uma saudade infindável...
Estou de rastos, o meu coração está muito dolorido...

terça-feira, 26 de outubro de 2010

A vida me ensinou

A vida me ensinou...
A dizer adeus às pessoas que amo,
Sem tira-las do meu coração;
Sorrir às pessoas que não gostam de mim,
Para mostra-las que sou diferente do que elas pensam;
Fazer de conta que tudo está bem quando isso não é verdade,
Para que eu possa acreditar que tudo vai mudar;
Calar-me para ouvir;
Aprender com meus erros .
Afinal eu posso ser sempre melhor.
A lutar contra as injustiças;
Sorrir quando o que mais desejo é gritar todas as minhas dores para o mundo,
A ser forte quando os que amo estão com problemas;
Ser carinhosa com todos que precisam do meu carinho;
Ouvir a todos que só precisam desabafar;
Amar aos que me machucam ou querem fazer de mim depósito de suas frustrações e desafectos;
Perdoar incondicionalmente,
Pois já precisei desse perdão;
Amar incondicionalmente,
Pois também preciso desse amor;
A alegrar a quem precisa;
A pedir perdão;
A sonhar acordado;
A acordar para a realidade (sempre que fosse necessário);
A aproveitar cada instante de felicidade;
A chorar de saudade sem vergonha de demonstrar;
Me ensinou a ter olhos para "ver e ouvir estrelas", embora nem sempre consiga entendê-las;
A ver o encanto do pôr-do-sol;
A sentir a dor do adeus e do que se acaba, sempre lutando para preservar tudo o que é importante para a felicidade do meu ser;
A abrir minhas janelas para o amor;
A não temer o futuro;
Me ensinou e esta me ensinando a aproveitar o presente, como um presente que da vida recebi, e usá-lo como um diamante que eu mesma tenha que lapidar, lhe dando forma da maneira que eu escolher.

sábado, 9 de outubro de 2010

Amigos

A vida ensinou me que devo dar valor ao que tenho em mãos...
Hoje sei que tenho os melhores amigos do mundo,aqueles que quando necessito, estão sempre presentes,nem que seja só para me perguntar se estou bem..mas aparecem,sempre!
Não há melhores amigos,nem piores,os que eu tenho são simplesmente amigos verdadeiros!
Gosto de cada um deles,todos de maneira diferente...
Hoje,deixo aqui um obrigada a cada um deles,mesmo para aqueles que estão perto de mim,ou simplesmente para aqueles que estão longe e de quem eu sinto bastante falta.
Obrigada por serem,obrigada por serem,apenas vocês!
Obrigada amigos!

quinta-feira, 29 de julho de 2010

Férias

Férias,férias e mais férias é o que a maior parte dos alunos pensam quando vêem o final do ano lectivo a aproximar-se.
Agora,estamos realmente de férias,reabastecendo as energias para mais um ano lectivo.
Praias,piscinas entre outras diversas diversões da época preenchem as nossas cabeçinhas.
Restam-nos as saudades dos amigos,dos professores...
Mas,aproveitemos estas deliciosas férias a que temos direito depois de um árduo ano lectivo! :)
Boas férias para todos os meus leitores,sejam eles alunos,professores,funcionários,sejam o que sejam!!!